domingo, 6 de setembro de 2009

Morena Rosa






E não foje de mim a idéia de que você volta a ligar, e marcaremos novamente uma noite de pijama, que não será exatamente igual àquela... você vestir minha saia que fica muito curta mas você não estar nem ai, sairmos à noite pelas ruas do bairro sem nenhum divertimento aparente mas tornarmos muuuuito divertido, tomarmos sorvete na praça, darmos risadas sem motivos, ver você puxando a roupa daqui e dali enquanto anda ao lado da próxima vítima ( um paquerinhaa, rs), fazermos confições, juras, planos pra um futuro próximo, de morar num mesmo apartamento, república, de fazermos a mesma faculdade... Não assim, mas tão especial quanto, talvez com um pouco mais de maturidade, dando valor imensurável a tal momento... ja que marcar as festinhas e não te ter pra dançar junto, tomar sorvete e não com você, ver os carros e ouvir o vento de cima daquela passarela sem você... dói demais.
 E me vejo obrigada a lembrar que não será possível, não agora... talvez num futuro em algum lugar bem bonito (eu espero)... onde lembraremos juntas tudo aquilo que se foi possível ...
Talvez doa um pouco menos também.. Não me custe lágrimas, como agora.


(Eterna Morena Rosa . Pensei tanto em você está noite)

4 comentários:

.Tatiane Alencar. disse...

'saudade'

Lari disse...

Uma delícia de ler! Me identifiquei!

Angélica disse...

a saudade é uma dor que se acomoda!!!

Angélica disse...

hj senti muita falta dela talves precisava de um colo e nao tinha com eu ter o dela. a dor ainda é muito forte no meu coraçao aida escorre sangue ai como ela mi falta...