terça-feira, 13 de outubro de 2009

Há amor, e Amor de verdade...




O meu foi, é e será segunda opção, suspeito não ser a mesma que a sua, e me dói muito! Sim. Ainda hoje, dói muito. Dizem que o tempo cura, mas quanto tempo há de ser? Passarei enquanto isso, lembrando das ligações diárias, 'sms's' e email's, que anunciavam um pedacinho de ti e faziam me redescobrir. Hei de lembrar o choro, e seu ombro, a praça, o teatro, os ensaios, os onibus, as viagens, a ajuda, o copo, a bebida, a amizade. A amizade que eu sempre sonhei, e tinha. A falta que eu nunca imaginei sentir, e que permanece...  Sinto tanto!


...Te Amo.

4 comentários:

A Bailarina disse...

Nossa... :S

'Pra falar a verdade as vezes minto... Tentando ser metade do inteiro que eu sinto, pra dizer as vezes que às vezes não digo. Sou capaz de fazer da minha briga meu abrigo..'

Lembrei dessa musica.

Espero que o tempo passe e a dor cesse.

Abraço!

Hanna disse...

O Day!
.... Infelizmente é a VIDA!
Sei o quanto vc sente por isso, mais pensa o quanto vc mudou dps de tudo isso! E aposto que ele tbm!
E aposto que ele tbm sente sua falta.... !
E digo Maiis são momentos que ficaram na memoria...!
MAIIS QUE PODEM SIM VOLTAR ! quem sabe um diiiia xD

TEAMO♥

Essência e Palavras disse...

Adorei sua visita.

A gente vai se lendo... rs

beijo e te seguindo tb.

Tati disse...

Sutil... Sincero e Maravilhosamente Envolvente!