quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Não há forças, fatos, atos que derrubem muita gente. Vamos de Mãos Dadas



Toda noite anseio por gente de peito, de força, de vontade, de amor... Que seja e esteja capaz de doar um pouco deste aos que carecem, aos que necessitam. Cresci acreditando que um sorriso muda toda a trajetória de um dia, de uma história, e que sorrisos não se compram, se recebe...  Dar algo as pessoas é sempre prazeirosamente bom, com um gostinho de insubstituivel e sem valor material,  mais especial ainda. Cresci e não só mais acredito, ainda além, pratico e quero praticar sempre.. 
Toda noite a lua posta ao céu delicadamente me faz acreditar que estou viva e ver a beleza desta. Mas toda a sensibilidade humana, (que eu sei que ainda existe, em algum lugar ela existe) me traz prazer em VIVER. Tenho Fé, Esperança e acredito no Amor que não se regozija.
Acredito na força de nossas mãos ungidas, nossos pés de caminhada, nossa boca de profetismo, nossos olhos de esperança.. Acredito na junção de tantas e tantas vozes que ainda clamam e lutam por algo melhor.
Vamos juntos de MÃOS DADAS a caminho da felicidade de todos. "Se a pão pra alguns, que aja pão para todos"



6 comentários:

Gabriel Henrique disse...

Unidos, e com o coração para fazer um grande trabalho.

Marcelo Mayer disse...

tb acredito no amor, principalmente no meu!
sensibilidade. é o vejo neste texto e neste blog

Tati disse...

'vamos!'

meus instantes e momentos disse...

bonito blog.
Parabens,
gostei daqui.
Maurizio

Joie disse...

Simplesmente ENCANTADA!
Parabéns
Beijos
Joie

Isabela disse...

Vamos!
É incrível a verdade que você passa em cada frase. É tudo visivelmente sincero, e eu me orgulho de saber que ainda existem pessoas assim como você!
beijos, Dai!