segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

O amor de uns dias atras e tal.




Eu duvido que se passem cinco dias de seus tempo sem que espere ou olhe para traz a procura dele.
Essas coisas não se apagam minha menina, não tão fácil assim.. 
Duvido que nao te doa a ausência  daquele olhar, daquele sorriso, e do amor que outrora desprezava.
Duvido que nunca sentiu remorso, nem vontade de chorar
Aquela brisa de vento e espera na janela,
As mãos dadas e olhares entrelinhados,
Aquela TV boba e vcs.
Eu duvido.
Mas desejo que morra, que sofra todos os dias e se culpe por isso... Porque esconder sentimentos é pecado mortal
E minhas podas e mortes diarias me fazem assim, sem a calma costumeira.

4 comentários:

Essência e Palavras disse...

Também duvido...

beejos

Tati disse...

'E minhas podas e mortes diarias me fazem assim, sem a calma costumeira'

Gostei especialmente deste trecho

A Bailarina disse...

Ai.. dá uma dor tão grande. Esconder os sentimentos dói demais. Por isso é melhor botar pra fora.

Lindo, lindo, lindo.

Beijos!

P.S: obrigada por me visitar e comentar *-*

Essência e Palavras disse...

Ah, não some menina.
Que bom que gostou do texto... Te espero sempre.

beeejos