sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Uma pedra



Ela disse: Então me traz uma pedra de lá.
Ele disse: Pra quê?
- Pra guardar de recordação!
- Então te dou uma daqui. (pegou uma pedra) 'Tó'.
- risos... Não, 'der'. Recordação do lugar, não de você.



Toda vez que aquela pedra branca, marrom de poeira, lhe surge aos olhos- de dentro da bolsa, seja qual for a bolsa ela sempre está lá- lhe vem na mente, o sorriso, os momentos, os teatros, as noites vagas em uma cidade com nada e ele dizendo que quase perdeu o onibus da volta pra pegar a tal pedra de recordação, nunca o lugar. Só ele, e a falta que lhe faz.


Um comentário:

Tati disse...

'Me lembro da Pedra... da dor...Espero que ela não passe, mas continue a se transformar dentro de você'