quinta-feira, 18 de março de 2010

Caminho das águas I



"...Porque será como a árvore plantada junto às águas, que estende as suas raízes para o ribeiro, e não receia quando vem o calor, mas a sua folha fica verde; e no ano de sequidão não se afadiga, nem deixa de dar fruto."  Jeremias 17:8.


Há muito, somos cientes da força da água em nossas vidas.
Desde as Águas de Noé, transpassando pelas águas do tsunami, até as águas das enchentes.
Somos as criaturas escaladas, por Deus, a raciocinar,
Deus nos deu autonomia sobre sua criação.
Mas exige responsabilidade.
E quando não a temos, Ele reage realmente.
Porque precisamos mesmo é ser árvores, que com as raízes buscam a água como fonte de vida, e nada mais!
Somos feitos pra ter folhas verdes, frutos maduros.
Fomos semeados na terra, e a nós cabe a busca do viver...

Até que ponto esticamos nossas raízes, para que alcansem as águas?
Por que temos medo de estica-las?
Não tenhamos medo. 

Como as raízes, somos convidados a alcansar as águas
A retirar um pouco dela e refletir: 
Como será minha ação, abastecido pela água da vida?
Quais frutos terei?
Por qual caminho as águas a qual bebo/alcanso me levam/me levarão? ... 

[Fiz esse texto pro encontro do grupo de Jovens, resolvi pôr por aqui pra não perde-lo :) ]

2 comentários:

Essência e Palavras disse...

Maravilhoso, Day!

Adorei!

beejo e boa sexta!

Tati disse...

Maravilhoso Day

Acho que pode colocar sempre aqui, mesmo que não seja pra não perder

Ao menos pra mim, fará muito bem

Grande Beijo