terça-feira, 8 de junho de 2010

Sorry

Ás vezes eu sou tão repetitiva, andei lendo meus textos antigos e parece que todos contém a mesma mensagem, que talvez só eu entenda realmente. E quase todos escrevi quando a nenhum amigo, nem aos confidentes, consegui expressar tudo o que sentia. Que pra variar, desta vez não é diferente. Eu juro que tento não fazer deste blog, um diário, mas o tenho aqui, tão aberto esperando que eu apenas escreva, e tire, um pouco- de  certa forma - tudo isso que machuca. Me sinto até constrangida em ver blog's com textos menos narcisistas, que falem sobre as coisas num geral, e por ai. Eu até tentei, juro que sim. Mas não consigo forçar algo aqui dentro, por muito tempo. Aos poucos leitores, desculpem-me por isso. E não escrevi na intenção de receber confete.Sério. 


Boa noite, a quem consegue dormir. :)

4 comentários:

A Bailarina disse...

Ahh nem da nada. Eu sou exatamente assim. Vejo meus textos e reparo que sempre dizem alguma coisa. Acho legal o fato de outros blogs falarem de quase tudo o que acontece por ai, e tals.. Mas não sou assim, então nem adianta tentar ser diferente. Não eu.

Beijos.

Jana disse...

Imagina... acho que vc deve fazer dele blog um diário sim....
Aqui a gente desabafa de verdade, o que gostariamos de ter alguém para conversar... e aparece todo mundo desse mundo blogueiro louco e nos ajuda com as palavras de carinho e mostrando que se identificam conosco....
Um beijo

Tati disse...

Ai Day... Bobinha...

Bom é escrever o que a gente quiser, colocar no blog / diário / jornal e aonde for o que a gente tiver vontade Amor - não precisa fazer daqui uma página de notícias - eu sinceramente prefiro assim -

Ler você e não mundo e seus detalhes - tem bastante desse tipo já.

TE amo...

Sinto saudade e muitas de você.

Grande Beijo

Anônimo disse...

Você não é repetitiva, é apenas uma menina sensivel, romântica, ás vezes agressiva com as injustiças. O que a torna uma pessoa especial e única.

Muito mais importante que escrever sobre tudo, é acreditar no que escreve,ser verdadeira.

Bjus
Vanessa Moreira